Is Brazilian education improving? Evidence from Pisa and Saeb

other titles
A educação brasileira está melhorando? Evidências do PISA e do SAEB

Neste texto medimos as mudanças das pontuações em matemática e leitura dos alunos brasileiros favorecidos e desfavorecidos no Programa Internacional de Avaliação de Alunos – Pisa – entre 2000 e 2012 e no Sistema de Avaliação da Educação Básica – Saeb – no período de 1995 a 2013, a fim de extrair algumas conclusões provisórias em relação à variação da efetividade do ensino básico brasileiro (1ª a 8ª/9ª séries). Nossos achados mostram que os ganhos no teste de matemática do Pisa são muito maiores do que no teste de leitura. Os ganhos (ou sua ausência) entre 1999 e 2013 no teste do Saeb são também maiores em matemática que em português. Parte do ganho no teste de matemática do Pisa e a maior parte do ganho no teste de leitura resultam do aumento gradual no tempo que os alunos com a idade de quinze anos passam na escola. Os ganhos no Pisa para os estudantes brasileiros mais favorecidos são menores do que entre aqueles com níveis baixos de recursos acadêmicos familiares, o que também se verifica no teste do Saeb.

This article assesses the changes in mathematics and reading scores of socially advantaged or disadvantaged Brazilian students, in the International Student Assessment Program - Pisa - between 2000 and 2012, and the National Basic Education Assessment System - Saeb - between 1995 to 2013, in order to extract some provisional conclusions regarding the variations in the effectiveness of basic education in Brazil (1st to 8th/9th grades). The findings show that the gains in the Pisa math test are much larger than in the reading test. The gains (or their absence), in the Saeb test, for the 1999-2013 period, are also higher in mathematics than in Portuguese. Part of the gains in the Pisa math test and most of those in the reading test result from the gradual increase in the number of years fifteen year-old students spend in school. The gains in the Pisa test for more advantaged Brazilian students are lower than for those coming from families with lower educational resources; this also applies for the Saeb test.

author
Khavenson, Tatiana
Costa, Leandro
Carnoy, Martin
Fonseca, Izabel
Marotta, Luana
language
ENG
POR
date
2015
Pages
p. 450-485
regions
Americas and the Caribbean
Bookmark this
themes
Cross-national studies
Pays
Brazil
levels
Basic education

Ressources liées